quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009



Lar doce lar

Como, técnico de informática, por profissão, sou chamado, constantemente, para visitar, dar manutenção e suporte técnico em computadores em vários lares, e por maior que seja a minha prudência , sempre da para observar a maneira que aquela família convive, afinal com raríssima exceção, normalmente eu passo entre 1 hora a 3 horas dentro de cada casa de diversas condições financeiras ( oportunidade que aproveito para parabenizar alguns lares, que visitei e encontrei além de uma acolhida maravilhosa, pessoas de bem, onde os seus membros, se amam e se respeitam) .
O lar doce lar que me refiro, é justamente o lar onde seus membros se respeitam se amam, onde uns ajudam aos outros, onde a linguagem (a fala ) é simples mais sem palavras de baixo calão(palavrões) e sem alfinetadas, onde não se usam palavras truncadas( indiretas) para ferirem –se uns aos outros e principalmente não brigam. Reúnem-se para tomar decisões juntos, festejam quando é de festejar e choram juntos quando o assunto é de chorar, oram juntos , e crescem juntos .
Para um mundo melhor e preciso que os lares se tornem umaLar doce lar


***
Quando “já não suporto pensar nas vítimas dos lares desfeitos, começo a pensar nas vítimas dos lares intactos.” (P. De Vries)

Nenhum comentário:

Palco do artesanato

;

Voce mora

Corações

Os melhores Recadinhos do coração:
www.MiniRecados.com/recadinhos_do_coracao/


Coloque aqui seu email e receba atualizações

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Acredite que....

slides

slides

Eticas nos Relacionamentos ( de um duplo click para ver melhor)

Encontro com o desconhecdo

Arquivo do blog

Lista de Email

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner